2º BPM - Araguaína

10 - Projetos sociais

O 2° Batalhão de Polícia Militar de Araguaína tem combatido a violência em outras frentes de atuação, mais especificamente através de atividades de inclusão social desportivas, culturais e tecnológicas. Acreditando que a educação e o esporte sejam os meios mais eficazes de prevenção da violência, oferecemos gratuitamente aulas de futebol, artes marciais, música (para indivíduos que cumpram pena restritiva de liberdade) e curso de computação. Essa iniciativa tem alcançado um número muito grande de famílias e impactado de forma positiva a sociedade araguainense.

O PROERD está implantado no 2º BPM desde o ano de 2002 e até o ano de 2016 já foram formados 46.671(quarenta seis mil setecentos e setenta e um)  alunos  desde as séries iniciais, educação infantil, 5 e 7º anos do ensino fundamental. A Unidade também tem o currículo PROERD Pais, implantado em 2008, no qual já foram formados aproximadamente 1000(mil) pais com o objetivo de ensinar algumas técnicas de como manter seus filhos longe das drogas e da violência. Este Programa realiza também palestras sobre diversos temas como Sexualidade, Drogas, Violência entre outras. Somente no primeiro semestre de 2016, foram capacitadas 2.384 crianças do 5º ano do ensino fundamental e 60 pais de alunos que participam do PROERD PAIS.

A Capelania evangélica e católica tem por objetivo o acompanhamento espiritual dentro da formação moral-cristã dos policiais militares, funcionários civis e familiares. O trabalho é desenvolvido juntamente com o Serviço de Assistência Social e Psicologia, prezando por acompanhar e promover o desenvolvimento integral dos assistidos, buscando melhorar a sua saúde física, mental e espiritual;

As atividades são variadas, consistindo em celebrações, cultos ecumênicos, momentos de oração, visitas domiciliares e hospitalares, terapias de grupo junto com a psicologia, atendimentos pessoais, acompanhamentos familiares nos momentos de luto, bênçãos e formação na fé por meio de palestras e semestralmente realizando uma celebração espiritual denominada Café com Fé, consolidando dessa maneira o lema de trabalho denominado “nenhum a menos”.

Aulas de iniciação esportiva (futebol).

A ADESB – Associação Desportiva Batalhão Araguaia, é uma entidade sem fins lucrativos que foi criada dentro do Batalhão Araguaia para incentivar a prática desportiva em crianças e adolescentes através do futebol. O objetivo principal da associação é proporcionar a crianças e adolescentes um ambiente salubre onde estes possam se desenvolver físico e socialmente mantendo-se longe das drogas e da violência.

A comunidade é a principal beneficiada pelas atividades desenvolvidas à medida que a participação nelas incorre na obrigação dos partícipes de estarem matriculados na rede regular de ensino. Os instrutores buscam oferecer aos jovens a chance de se desenvolverem físico e intelectualmente e por consequência afasta-los da violência e das drogas. Hoje a Escolinha de futebol atende um público de 170 crianças, sendo 72 crianças no período da manhã e 98 crianças no período da tarde.

A AOCAM – Associação Okinawa de Cultura e Artes Marciais do 2° BPM foi criada no ano de 2007 e já atendeu a centenas de crianças e adolescentes. Formada a partir da união de militares, profissionais liberais e profissionais da área do esporte, a associação tem como objetivo oferecer aos jovens e adolescentes aulas de artes marciais gratuitas para o fortalecimento da disciplina, da autoestima e por consequência afastá-los da violência e das drogas. Muitos alunos já ganharam medalhas em competições estaduais e nacionais. São oferecidas aulas gratuitas de Karatê, Taekwondoo e Judô, a crianças de 07 e 18 anos. Hoje atende diretamente 130 crianças e adolescentes.

A Dança na Educação Infantil tem um papel fundamental no desenvolvimento da criança, pelas possibilidades de proporcionar uma diversidade de vivências, através de atividades nas quais elas possam descobrir várias formas de se movimentar, construindo conceitos e ideias sobre o movimento e suas ações. Além disso, é um meio favorável, para que as crianças conheçam seu corpo, as suas limitações, enfrentem desafios, interajam com outras pessoas, expressem sentimentos e se comuniquem através da linguagem corporal, desenvolvendo suas capacidades físicas e intelectuais. Fazendo dessa arte um meio de educação para formar pessoas conscientes e críticas. Através da Seção de Desporto atualmente 37 crianças estão participando dessas atividades. 

O Batalhão Araguaia através da sua Escola de Informática inaugurada em novembro de 2015 oferece gratuitamente aulas de computação para um público diverso para propiciar aos alunos melhores chances no mercado de trabalho. Em um mundo competitivo, sempre em busca de mão de obra cada vez mais exigente, notou-se que a educação se firma como principal elemento de inclusão social. Cada turma atende 25 adolescentes em média.

O Batalhão Araguaia através da sua Banda de Música juntou-se ao judiciário para oferecer a indivíduos que passam por pena restritiva de liberdade, aulas gratuitas de música. Esse projeto inovador que atende 25 detentos do Presídio Barra da Grota foi planejado no ano de 2015 e passou a ser executado em 2016. Acreditamos que oportunizar novos caminhos e horizontes é um meio eficaz de combater a violência e transformar vidas.

A Banda de Música do 2º BPM sempre é solicitada para se apresentar em inúmeros eventos tanto públicos, quanto alguns eventos sociais de iniciativa privada, incentivando a cultura e estimulando as atividades e honras cívicas da população araguainense.

A atividade do Yoga atende 25 pessoas, entre Policiais militares, Bombeiros Militares familiares, funcionários civis, e interessados. Atividade direcionada a adultos para desenvolvimento físico e equilíbrio emocional. Existe ainda a ginástica funcional que atende de 35 adultos e realiza atividades desenvolvidas para pessoas com sobrepeso.

O 2º BPM através da Fundação Pró-Tocantins, disponibiliza aos militares e seus familiares um serviço de acompanhamento médico de qualidade, com uma equipe composta por Médicos, Odontólogos, Psicólogos, Fisioterapeutas e Enfermeiros renomados no Município de Araguaína. Esses profissionais desempenham papel importante na prestação de atendimento clínico.

De março a junho deste ano, a equipe de enfermagem desenvolveu o projeto “Qualidade de vida por toda vida”, uma parceria da Policia Militar e da Fundação Pro Tocantins. Fora a sede do 2º BPM foram visitados mais 17 destacamentos abrangidos pelo mesmo. O projeto teve como objetivo a detecção precoce de doenças como diabetes, hipertensão e obesidade. Na oportunidade também foi enfatizado os aspectos negativos do uso do tabaco e do consumo de bebidas alcoólicas.

O Serviço Social da Unidade busca garantir e viabilizar o acesso aos direitos sociais assegurados constitucionalmente ou socialmente instituídos. Objetiva ainda contribuir para a humanização e fortalecimento da imagem do agente de Segurança Pública na preservação da ordem e da lei estabelecidas.

Dessa maneira, formula, gerencia e implementa programas e projetos sociais, realiza um trabalho essencialmente sócio-educativo e está qualificado para atuar nas diversas áreas ligadas à condução das políticas sociais públicas e privadas, tais como planejamento, organização, execução, avaliação, gestão, pesquisa e assessoria, sendo que suas principais ações desenvolvidas são:

•          Acompanhamento Social individualizado envolvendo situação de vulnerabilidade social;

•          Realizar orientações sociais de acordo com as necessidades dos usuários e familiares, mediante avaliação;

•          Efetuar encaminhamentos a rede de apoio social existente dentro da PM ou buscar recursos da comunidade que possam melhor atender a situação;

•          Realizar avaliação da qualidade de vida dos militares, através de testes específicos;

•          Pesquisa interesses da população, perfil dos usuários, características da área de atuação, informações in loco, entidades e instituições;

•          Realiza pesquisas bibliográficas e documentais, estuda a viabilidade de projetos propostos; coleta, organiza, compila, tabula e difunde dados sociais;

•          Planeja, coordena e executa Projetos Sociais; elabora planos, programas e projetos específicos;