Perfil - histórico

O SISTEMA COLÉGIO DA POLICIA MILITAR DO ESTADO DO TOCANTINS foi instalado em 18 de agosto de 2009. A nova unidade de ensino surgiu através de uma Parceria da Polícia Militar do Tocantins com a Secretaria Estadual de Educação, com a nobre missão de contribuir para a educação de jovens tocantinenses, visando um ensino de qualidade e a formação cidadã e integral dos discentes.

O Sistema Colégio da Polícia Militar, teve início como CEPMIL - Centro de Ensino Profissionalizante da Polícia Militar f oi instalado num prédio cedido pela Secretaria Estadual de Educação, na Quadra 403 Sul, Plano diretor Sudoeste, em Palmas. Sob a direção do coronel QOPM Clovis Alves de Sousa, o Colégio Militar iniciou sua história com 240 alunos matriculados nos três cursos profissionalizantes --Técnico em Informática com ênfase em redes, Técnico em Instrumento Musical e Técnico em Trânsito com ênfase em educação.

Devido à grande demanda, no início de 2010 o número de alunos matriculados no Colégio Militar subiu para 2000, sendo 1.200 do Ensino Médio e 800 do Ensino Fundamental, tornando-se necessária a ampliação das instalações passando a funcionar também nas instalações do antigo prédio do então Centro de Ensino Médio de Palmas (CEM), onde atualmente funciona o Colégio da Policia Militar – Unidade II.

Devido ao sucesso do CPMTO e a grande procura da comunidade por esse sistema de ensino e gestão escolar, começou-se a expansão do mesmo, inaugurando em janeiro de 2016 a primeira unidade do CPM fora da Capital, o Colégio da Policia Militar – Unidade III, situado em Araguaína interior norte do estado, que oferece 22 turmas, divididas em dois turnos e atende atualmente 785 alunos, comandado pelo MAJ PM Edilson Pereira de Sousa.

Em 2016 o CEM Dr. José Aluísio passa a denominar-se Colégio da Polícia Militar do Estado do Tocantins através do Termo de Cooperação Técnica nº 008/2015, entre SEDUC e Polícia Militar do Estado do Tocantins. Sendo o seu primeiro Gestor Militar o Sr. Edilson Pereira de Sousa – Major PM.  O CPM passou a funcionar a partir do ano 2016 somente no turno diurno oferecendo 11 turmas no período matutino e 11 turmas no período vespertino, com o total geral de 22 turmas e 763 alunos. Em 2017 ingressaram os primeiros alunos através do processo seletivo para as 1as séries e conta com um quadro de 19 educadores habilitados, 33 servidores no quadro administrativo totalizando 52 funcionários civis e 11 servidores da polícia militar, sendo este estabelecimento de ensino um espaço cultural que progride a cada dia, pois busca uma educação plena favorecendo as conquistas tanto na vida profissional quanto na formação do ser humano.

O Colégio da Polícia Militar (CPM) em Araguaína é uma reinvindicação antiga da comunidade local e dos municípios vizinhos. É fruto de parceria entre a Polícia Militar e a Secretaria de Educação do Estado e tem como objetivo principal proporcionar educação de qualidade aos seus alunos sob os princípios militares da hierarquia, disciplina, civismo, respeito às autoridades, meritocracia e respeito ao próximo.

Através do desenvolvimento de diversas atividades extracurriculares, tais como a fanfarra, treinamentos desportivos, cursos da administração compartilhada, dentre noutros, queremos contribuir de maneira decisiva na formação integral de nossos alunos, tornando-os aptos à vida em sociedade dentre e fora dos muros do colégio. Queremos devolvê-los à sociedade tocantinense pronto para o ingresso no curso superior, no mercado de trabalho e nas diversas atividades de sua vida civil.